sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

[Maratona Literária] Maratona de Natal | Plano de Leitura


Dentro de duas horas tem início a Maratona de Natal, promovida pelo autor do blog No Conforto dos Livros.

Assim, a maratona inicia-se às 00h00 do dia 10 de dezembro e prolongar-se-à até às 23h59 do dia 26 de dezembro.

Já preparei os livros para as categorias individuais e são eles que, por enquanto, formam o meu plano de leitura.

Aqui estão as minhas escolhas:

1. Livro que te faz sentir desconfortável (número de páginas, género não habitual,…)
 

Faz-me sentir desconfortável pois não costumo ler livros de terror e definitivamente nunca li nada sobre exorcismos. Será uma estreia total!
 
2. Uma continuação de outro livro
 

Este é o segundo volume da série de Marie Rutkoski e estou curiosa por saber como prossegue a história de Kestrel e Arin.
 
3. Livro que te faz pensar no Natal


Este pareceu-me o livro ideal para ler agora na época natalícia e acredito que será também uma leitura mais ligeira que poderei iniciar caso as outras avancem devagar.

Desejo boas leituras a todos os participantes!

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

"A Nona Vida de Louis Drax" de Liz Jensen [Opinião]


A sinopse deste livro é extremamente interessante e foi a única coisa que li antes de iniciar a sua leitura. Não tinha expectativas, mas também não sabia muito bem o que esperar deste livro.

Louis Drax é um menino de 9 anos, muito dado a acidentes. Sofreu pelo menos um acidente ou doença em cada ano da sua curta vida, mas sobrevive sempre como o gato que cai sobre as quatro patas.
Por altura do seu nono aniversário, durante um piquenique familiar, Louis cai de uma falésia e afoga-se num rio, ficando num estado de coma profundo de onde poderá não regressar.

Este romance é contado a duas vozes: a do Louis, através do seu subconsciente, e a de Pascal Dannachet, o neurologista que cuida do menino.

Inicialmente o livro não estava a conseguir cativar-me, até o achei aborrecido em algumas partes mas, após alguma insistência, entrei finalmente na história e só queria saber o que aconteceu verdadeiramente ao Louis.

Tal como referi, não sabia o que esperar deste livro e ele acabou por mostrar-se algo bem diferente do que eu tinha imaginado. A certa altura, tornou-se bastante empolgante com o desenrolar de uma investigação policial e com novas pistas a surgir.

O final foi bastante perturbador e cruel, embora tenha deixado também uma pontinha de esperança. Apesar dos meus sentimentos contraditórios, acabei por gostar bastante e gostaria de ter oportunidade de conhecer outras obras da autora.

Classificação: 3/5 estrelas

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Palavras Sentidas


"- Sabe o que se diz quando um homem e uma mulher se apaixonam?
- Não.
- A mulher tem sempre esperança de o conseguir mudar. O homem espera sempre que ela nunca mude."

Quero-te Morta
Peter James

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Top Ten Tuesday | Novos autores lidos em 2016


O tema de hoje é o mesmo que respondi no ano passado, contudo, é um tópico interessante para responder todos os anos.

Assim, esta semana somos convidados a eleger um Top Ten de novos autores favoritos que lemos pela primeira vez em 2016. Até ao momento, li 25 novos autores e apresento-vos de seguida os 10 de que mais gostei, sem uma ordem em particular.

1. Elle Kennedy                              2. Jill Alexander Essbaum


3. Marissa Meyer                              4. Chris Cleave


5. Blake Crouch                              6. Jane Austen


7. Colleen Hoover                              8. Alastair Campbell


9. Heather Gudenkauf                              10. Marie Rutkoski


domingo, 4 de dezembro de 2016

Postais pelo Mundo | Rússia (10)

Este postal da Rússia chegou à minha caixa do correio em setembro. Pareceu-me um bocadinho cedo para receber postais natalícios mas, como não controlo o que recebo, todos são bem-vindos.
Decidi publicá-lo apenas este mês, em que o blog entra no espírito de Natal.
A imagem perdeu qualidade com a digitalização, mas o postal é bonitinho, não acham?


sábado, 3 de dezembro de 2016

"Matéria Escura" de Blake Crouch [Opinião]


"Se existem mundos infinitos, como encontro aquele que é única e especificamente meu?"

Este livro foi-me enviado de surpresa pela editora Suma de Letras (Grupo Editorial Penguim Random House) e agradeço desde já este mimo e a oportunidade que me deram de me estrear com o autor Blake Crouch.

Muitos de vocês já devem estar familiarizados com a obra mais conhecida deste autor: refiro-me à série Wayward Pines, que, não só vendeu mais de um milhão de exemplares, como também deu origem a uma série de sucesso do canal Fox.

Lembro-me de ter começado a ver a série quando estreeou, mas ao fim de três episódios não me sentia nada cativada e acabei por desistir. Talvez naquela altura andasse cansada e sem paciência para uma série deste género.

Matéria Escura foi, assim, a minha verdadeira estreia com este autor. A sinopse é cativante e dá-nos algumas pistas do que poderemos encontrar neste livro, contudo, a história revelou-se muito diferente daquilo que eu imaginava e acabou por ultrapassar grandemente as minhas expectativas. Se tivesse de caracterizar este livro em apenas uma frase, diria que foi diferente de tudo o que eu já li.

A história inicia-se com o nosso protagonista, Jason Dessen, a ser raptado por um sequestrador disfarçado. Quando acorda, encontra-se numa maca, rodeado de estranhos que lhe sorriem e lhe dizem: "Bem-vindo de volta, Jason!".
É num estado de grande confusão que Jason começa a perceber que aquele não é o seu mundo. A sua mulher não é sua mulher, o seu filho nunca nasceu e ele próprio não é um professor numa faculdade medíocre, mas sim um génio reconhecido que foi capaz de algo notável.
O que se passou então? Estará Jason a viver um sonho? Será este mundo real? E, principalmente, o que poderá fazer para voltar para a família que ama?

A escrita do autor é bastante simples, com muitos diálogos, frases pequenas e bastantes parágrafos, o que até resultou muito bem, pois oferece dinamismo e ação à história. Não há partes exageradamente descritivas e o suspense está sempre presente.

O que torna este livro mesmo diferenciador é a ideia base e a forma com a narrativa foi construída e explorada. Matéria Escura é um livro sobre escolhas, decisões e caminhos não escolhidos. É um livro que nos permite verdadeiramente refletir acerca da nossa vida e se estamos realmente felizes com os caminhos que escolhemos. Como seria a nossa vida se tivéssemos tomado decisões diferentes? E se tivéssemos oportunidade de viver escolhas que nunca fizemos mas que desejaríamos ter feito?

Sem querer revelar muitos pormenores, este livro retrata a possibilidade da existência de mundos infinitos, de realidades alternativas. Não é no sentido de viagens no tempo, dado que não existe uma máquina que transporta o protagonista para outro mundo, mas baseia-se em conceitos e teorias científicas reais. Pode parecer estranho no início, mas o autor explica tudo muito bem e dá-nos imagens fáceis de imaginar.

Podia continuar a escrever acerca deste livro, que ainda hoje, mesmo duas semanas depois de ter terminado a sua leitura, continua a vir-me ao pensamento e a provocar-me imensas questões. Depois de ler um livro como este, é inevitável não analisarmos a nossa vida e todas as decisões que tomamos.

Se apreciam ficção científica, universos paralelos, não percam mais tempo e leiam este livro! Se, pelo contrário, não apreciam muito o tema, continuo a achar que vale mesmo a pena darem uma oportunidade ao autor. Eu fiquei abismada com a sua criatividade e completamente rendida! Tenciono dar uma nova oportunidade à série Wayward Pines e ficar atenta a novas obras que sejam publicadas no futuro.

Classificação: 5/5 estrelas

Nota: Este livro foi-me cedido pela editora em troca de uma opinião honesta.

Projeto Conjunto | Empréstimo Surpresa [Livro Recebido]


Na semana passada recebi mais um livro da Silvana, no âmbito deste nosso projeto que continua de vento em popa. Pelo envelope, percebi que o livro não seria muito volumoso.

E aqui está ele:


Foi uma boa surpresa e acho que será muito agradável pegar numa leitura mais leve e descontraída, pelo que conheço dos livros de Elizabeth Adler.

Obrigada Silvana! Vou tentar iniciar a leitura em breve.
Se quiserem, passem no blog dela para lerem as razões de me ter enviado este livro.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Troca de Postais de Natal 2016


Olá a todos!
Sejam bem-vindos à iniciativa que preparei para o Natal de 2016: uma Troca de Postais de Natal.

Quem acompanha o meu blog, sabe que tenho um gosto especial pelo Postcrossing, um projeto de troca de postais com pessoas de todo o mundo.

De forma a dinamizar um pouco o blog na época natalícia que se avizinha, pensei que seria interessante colocar pessoas a trocarem postais entre si. Não seria bom ir à caixa do correio e encontrar um postal bonito com algumas palavras carinhosas dirigidas a nós? Certamente que esse momento seria capaz de alegrar o nosso dia!

Trocar postais é também uma forma de comunicar "à moda antiga", numa altura em que as tecnologias e a comunicação virtual são indispensáveis na nossa vida.

Foi assim que surgiu esta ideia!
Com esta iniciativa, pretendo juntar um grupo de pessoas que queiram enviar um postal de Natal a alguém e, por sua vez, receberem também um postal surpresa.

Quem pode participar?
Qualquer pessoa, quer seja blogger ou não, desde que mostre interesse pela iniciativa.
Contudo, se decidirem participar, têm de se comprometer a enviar o vosso postal. O objetivo é que todos enviem e todos recebam.

Que tipo de postais posso enviar?
Um postal ao vosso gosto, quer seja daqueles de duas folhas de enviar dentro de um envelope, ou dos que têm frente e verso e que normalmente se enviam sem envelope.
Apenas têm de ser postais referentes ao tema Natal.

Quantos postais posso enviar?
Podes enviar 1, 2 ou 3 postais, consoante a tua disponibilidade. O número de postais que enviares será igual ao número de postais que receberás, ou seja:
- Quem enviar 1 postal, receberá 1 postal;
- Quem enviar 2 postais, receberá 2 postais;
- Quem enviar 3 postais, receberá 3 postais.

Como me posso inscrever?
Apenas preciso que preencham o formulário abaixo, com os dados pedidos: nome, e-mail, morada e número de postais que queres enviar/receber.
Os vossos dados ficam salvaguardados e só serão usados no âmbito desta iniciativa.

Datas importantes:
1 a 13 de dezembro: período de inscrições;
14 e 15 de dezembro: os participantes serão contactados por e-mail e receberão as moradas para onde deverão enviar o(s) seu(s) postal(ais);
Até dia 21 de dezembro: todos deverão enviar o(s) seu(s) postal(ais), de forma a que sejam recebidos antes do Natal.

Outras informações:
- Poderão encontrar a lista de participantes, sempre atualizada, na página "Troca de Postais de Natal" mesmo abaixo do cabeçalho do blog.
- Deverão também informar-me de quando enviarem e receberem o(s) vosso(s) postal(ais), de forma a que eu possa manter a lista atualizada.
- Estejam à vontade para partilhar fotografias dos postais recebidos; podem enviá-las para o meu e-mail ou partilhar na página acima mencionada para que todos os participantes possam ver.

- Podem divulgar esta iniciativa nos vossos blogues, facebook ou outras redes sociais, usando a imagem acima. Tragam os vossos amigos para esta troca de postais!

Fico à espera das vossas inscrições!
Vamos encher as caixas de correio este Natal!

INSCRIÇÕES - CLICAR AQUI

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Aquisições: Novembro

Como o tempo passa! Estamos prestes a entrar no último mês do ano, portanto chegou o momento de analisar as aquisições literárias de novembro.

- No início do mês, a minha melhor amiga fez-me uma surpresa, trazendo-me o livro da direita para ler. Acho esta coleção bem interessante, por isso fiquei muito contente com o empréstimo.
Perto do final do mês, recebi mais um livro do projeto empréstimo surpresa; vai-me saber bem uma leitura mais leve!

EMPRÉSTIMOS


- Depois de ter adorado o livro O Meu Nome é..., decidi procurar outros livros do mesmo autor e acabei por adquirir este a 2,50€ no OLX, em estado praticamente novo. Adoro encontrar estas pechinchas!
No final do mês ainda aproveitei as promoções e os portes grátis da WOOK para adquirir mais um livro. O Exorcista é bem capaz de ter a capa mais medonha que já vi em toda a minha vida!

COMPRA


- Recebi duas ofertas da Topseller: um livro de capa lindíssima e que nos conta a história de amor de Pedro e Inês; e a continuação da série de Marie Rutkoski, mais uma vez com uma capa deslumbrante.

Estou deserta por começar a lê-los! Depois partilharei convosco as opiniões.

OFERTA EDITORA


E assim foi novembro, repleto de novos livros. Como correu o vosso mês?

Palavras Sentidas


"Quando temos filhos, nunca mais tornamos a vir em primeiro lugar. Há sempre alguém mais importante que nós. Isso modifica a forma como vemos o mundo."

Um Estranho Caso de Culpa
Harlan Coben

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

[Maratona Literária] Maratona de Natal

Há bastante tempo que não participava numa maratona literária, e portanto decidi inscrever-me na Maratona de Natal que está a ser organizada pelo autor do blog No Conforto dos Livros.

Esta maratona tem como principal objetivo a leitura dos livros que muitas vezes se vão acumulando. Os participantes serão divididos em duas ou três equipas e, no final, serão somadas as páginas lidas, de forma a encontrar a equipa vencedora.

A maratona terá inicio às 00h00 do dia 10 de dezembro e prolongar-se-à até às 23h59 do dia 26 de dezembro.

Para tornar a competição mais interessante, há três categorias individuais (que poderão ser leituras ou releituras):
1. Livro que te faz sentir desconfortável (número de páginas, género não habitual,…);
2. Uma continuação de outro livro;
3. Livro que te faz pensar no Natal.

Se também quiserem participar, vão ao grupo da maratona no Goodreads e inscrevam-se.
Boas leituras para todos!

domingo, 27 de novembro de 2016

Postais pelo Mundo | Alemanha (13) e Áustria (1)

Hoje tenho dois postais oficiais recebidos recentemente para vos mostrar.

O primeiro vem da Alemanha e traz uma caligrafia bastante má, pelo que não consigo perceber a maior parte do que está escrito.
Este postal mostra-nos o claustro com os leões da Catedral da cidade de Königslutter am Elm, localizada no distrito de Helmstedt.


O segundo postal foi o primeiro que recebi vindo da Áustria, o que me deixou extremamente contente por ter um país novo na minha coleção.
Este postal apresenta uma fotografia do Kunsthaus - um Museu de Arte Moderna, situado em Graz, na Áustria. É um edifício muito chamativo e que contrasta com as construções em seu redor. No entanto, foi construído com baixo impacto ambiental, sendo um verdadeiro referencial em arquitetura sustentável.


quinta-feira, 24 de novembro de 2016

"Cinder" de Marissa Meyer [Opinião]


Cinder é o primeiro volume da série Crónicas Lunares e chegou à minha estante há alguns meses. Confesso que estava ansiosa por lê-lo, não só pelas boas opiniões e recomendações, como também por adorar distopias e mundos futuristas.

Este ano ainda não me tinha dedicado a este género literário, pelo que a leitura de Cinder foi uma lufada de ar fresco. Revelou-se tão viciante que andei uma semana a deitar-me mais tarde do que o habitual, dado que não conseguia "ler só um ou dois capítulos". Desta forma, devorei o livro num instante.

Cinder é um re-telling do conto clássico da Cinderela, mas passado num mundo futurista onde existem robots, andróides e cyborgs.
Cinder é cyborg, é considerada um erro tecnológico pela sociedade, contudo essa condição traz-lhe a vantagem de ter excelentes capacidades para reparar aparelhos, o que faz dela a melhor mecânica de Nova Pequim. É essa reputação que leva o príncipe Kai a ir ter com ela, pedindo-lhe que repare um andróide antes do baile anual.
Entretanto, a sua irmã mais nova é contagiada pela peste fatal e a madrasta, culpando Cinder pela doença da filha, oferece-a como cobaia para as investigações relacionadas com a praga. Rapidamente os cientistas descobrem que Cinder apresenta características que a tornam única mas que também a colocam em perigo.

Adorei a forma como a autora adaptou este conto clássico e o transformou numa história futurista bastante original e com um mundo complexo. A narrativa está bem estruturada e permite-nos ir conhecendo todas as características deste mundo. Senti-me fascinada com a criatividade e imaginação da autora.

Além da vida na terra, este mundo apresenta-nos a evolução que permite a vida na Lua. Os seus habitantes, os Lunares, são governados por uma rainha temível que também ameaça o futuro terrestre.

A construção das personagens é outro aspeto positivo; estas conseguem cativar-nos ou repelir-nos com as suas personalidades. A relação entre Cinder e Kai deixa-nos de coração apertado de cada vez que aparece mais um dilema ou mais um segredo entre eles.

O final ficou um bocadinho em aberto, mas deixa-nos com uma vontade ainda maior de seguir para o volume seguinte. Pelo que me parece, o segundo livro trata-se do conto da Capuchinho Vermelho, contudo vai continuar a acompanhar as aventuras de Cinder. Espero conseguir lê-lo em breve para descobrir de que forma é que a autora continuou a história.

Em conclusão, este livro está recomendadíssimo; para mim foi uma grande surpresa e o meu único erro foi não o ter lido mais cedo.

Classificação: 5/5 estrelas

Momentos WOOK

Hoje, momentos WOOK a não perder!

Podem aproveitar e começar a comprar algumas prendas de Natal; um livro é sempre uma ótima prenda. E vale a pena aproveitar os portes grátis.

Cliquem na imagem e escolham os vossos livros!

 

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Palavras Sentidas


"Às vezes dou por mim a tentar lembrar-me da última vez que tive alguma espécie de contacto físico relevante com outra pessoa, nem que tenha sido um abraço ou um aperto de mão caloroso, e sinto o coração estremecer-me."

A Rapariga no Comboio
Paula Hawkins